Destaques, Geral, Prove

Ministra da Agricultura visita produtora PROVE das Terras do Sousa

A Ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque, acompanhada pela Directora Regional de Agricultura e Pescas do Norte, Carla Alves e pelo Presidente da Ader-Sousa, José Alexandre Almeida, no passado dia 24 de abril, a D. Alda Rosendo, uma das produtoras PROVE das Terras do Sousa, de Besteiros – Paredes, com o objectivo de estimular os circuitos curtos de comercialização e divulgar, mais uma vez, as novas regras da operação 10.2.1.4 – Cadeias Curtas, destacando o trabalho da Federação Minha Terra e das ADL no estímulo dos pequenos produtores.

Para além de ficar a conhecer a história da D. Alda e perceber como se adaptou a estes novos tempos, colaborou na montagem de um cabaz e reconheceu os constrangimentos da aplicação do DLBC num território populoso e periurbano como o da Ader-Sousa que, em virtude de não ter sido aplicada a excepção permitida pela Comunidade Europeia de ser ultrapassado o limite de 150.000 habitantes, foi obrigado a excluir freguesias onde existe a actividade agrícola, e por isso, impedindo que pequenos produtores se candidatarem ao DLBC, designadamente à recém reformulada operação 10.2.1.4.

Reportagem RTP – Visita da Ministra da Agricultura

 

A D. Alda aderiu ao PROVE em 2011, para ter um complemento ao seu rendimento de funcionária da Câmara Municipal de Paredes na fase em que os seus filhos estavam a frequentar a universidade. Ainda hoje diz que o PROVE pagou as propinas. Actualmente, comercializa cerca de 100 cabazes por semana, mais 25 do que antes do surgimento da Covid-19, mas teve de adaptar e forma de entrega. Em vez de só  entregar à sexta feira de tarde e sábado de manhã, entrega também à quinta feira de tarde, de forma a ter menos clientes de cada vez. Por outro lado, no local de entrega, um horto no Ameal com o qual fez uma parceria, foi necessário definir um percurso de forma a que os clientes não se cruzem. Também na elaboração dos cabazes há maiores cuidados, seja na sua desinfecção depois de serem devolvidos pelos consumidores, seja no uso de máscaras enquanto os faz. A exploração da D. Alda apenas tem um hectare, pelo que estimulou os seus vizinhos a produzir aquilo que eles já sabiam produzir, como seja, batata, cebola, couves, nabiças, nabos, entre outros, produzindo ela aquilo que não é tão habitual, ou seja, os espargos, aromáticas, alfaces variadas, pepinos, morangos, etc.

A Senhora Ministra ficou encantada com a visita e apenas lamentou não poder abraçar a D. Alda em reconhecimento da sua dedicação e trabalho, pelo que ficou a promessa de voltar.

Para mais informação sobre o PROVE https://www.adersousa.pt/iniciativas/prove/

Fotografias: Câmara Municipal de Paredes

 

AnteriorSeguinte

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

CONTACTOS

Telefone +351. 255 311 230
Fax +351. 255 311 275
E-mail adersousa@adersousa.pt

 

MORADA (ESCRITÓRIOS)

Rua Rebelo de Carvalho, 433
4610-212 Felgueiras
Portugal

Coordenadas GPS
41.362742, -8.202646
Direções

MORADA (SEDE)

Mosteiro de Pombeiro
Pombeiro de Riba-Vizela
4610-637 Felgueiras
Portugal

Destaques

Send this to a friend