AderSousa - Associação de Desenvolvimento Rural das Terras do Sousa

Procurar

Ir para o conteúdo

Menu principal:


Programa de Formação - RRVS

Projectos > Terminados

Programa de Formação para a Promoção e Dinamização
da Rota do Românico do Vale do Sousa

A Ader-Sousa assumiu em 2004 a responsabilidade pela apresentação de uma candidatura à Medida 2.5 – Acções Integradas de Base Territorial – Empregabilidade do Eixo Prioritário 2 do Programa Operacional da Região Norte, com vista à concretização de um programa de formação integrado com o projecto da Rota do Românico do Vale do Sousa.

A manifesta necessidade desta oferta formativa decorreu das conclusões do Plano de Acção daquele projecto, o qual evidenciou uma manifesta insuficiência, a nível local, de recursos humanos devidamente qualificados para uma gestão eficiente da Rota, atento o carácter estruturante que da mesma se pretendia retirar para o desenvolvimento desta sub-região do Sousa.

Este projecto formativo, intitulado
Programa de Formação para a Promoção e Dinamização da Rota do Românico do Vale do Sousa, veio a ser lançado no segundo semestre de 2005, tendo ficado concluído no final do mês de Abril de 2007.

Este Programa de Formação foi muito mais que a oferta de um conjunto de cursos de formação foi, uma trave mestra da (re)valorização dos recursos humanos da região, uma aposta estratégica de longo prazo, assegurando a formação, qualificação e promoção da excelência no serviço a prestar aos turistas pelos profissionais que estão ou que venham a estar envolvidos na dinamização turística e cultural da Rota do Românico no Vale do Sousa (RRVS), viabilizando simultaneamente a sua sustenta-bilidade.

Foi neste sentido que a Ader-Sousa colocou à disposição dos activos da região do Vale do Sousa um conjunto alargado de cursos de formação - nove cursos distintos, três de pós-graduação, cinco de especialização e um de sensibilização, alguns repetidos uma segunda vez, num total de 12 acções de formação ministradas, nomeadamente nos domínios do Turismo, da Cultura, do Marketing, da Cartografia, da Arquitectura, das Novas Tecnologias, do Empreendorismo, da Gestão, da Estratégia, da Gastronomia, do Ordenamento do Território e das Artes e Ofícios, em formato e horário compatíveis com o exercício da sua actividade profissional.

Tratou-se de um modelo único e inovador no país, o qual privilegiou a interacção entre formadores, formandos, empresários e responsáveis pelo património, pretendendo ir ao encontro de três vertentes simultâneas e indissociáveis: a transversal e generalista, a focalizada e especializada e a experimental. Associado a este modelo, para além de um ambiente de aprendizagem adequado às reais necessidades dos formandos, a Ader-Sousa propôs a melhor capacidade científica e pedagógica, apresentando um corpo de formadores que combinou reputação científica, experiência profissional nos principais organismos e empresas ligados ao turismo e uma visão internacional.

Estas doze acções de formação, envolvendo mais de 200 formandos e cerca de 50 formadores, foram realizadas em todos os municípios do Vale do Sousa, desde Castelo de Paiva a Felgueiras, em Lousada e Paços de Ferreira, assim como em Paredes e Penafiel.

Para além das próprias câmaras municipais, a complicada logística da montagem das acções, somente foi possível com o envolvimento de uma quinzena de outros parceiros, entre associações empresariais, escolas, e demais entidades, estabelecidos em todos aqueles municípios.

Clique aqui para aceder aos trabalhos desenvolvidos pelos formandos no âmbito do programa de formação - RRVS

Programa: ON – Operação Norte
Formação e apoio técnico

Ader-Sousa | Terras do Sousa | Projectos | Apoios | Mapa do site


Voltar para o conteúdo | Voltar para menu principal